Equipes de Saúde de Espigão do Oeste realizam vacinação domiciliar aos idosos

0
205

Na manhã desta quarta-feira 25/03, deu-se início a campanha de vacinação contra a gripe para as pessoas com mais de 60 anos em Espigão do Oeste, seguindo os protocolos e normas da organização mundial da saúde, portarias e decretos vigente no país, a  forma de atendimento ao idoso  foi modificada buscando  evitar  a disseminação do coronavírus COVID-19.

A secretaria reuniu suas equipes de vacinação e agentes de saúde, realizaram levantamento dos idosos por setores no início da semana. Nesta quarta-feira as equipes foram distribuídas por setores e estão a campo realizando a vacina domiciliar de imunização contra a gripe. Nesta fase a campanha será apenas para idosos e trabalhadores da área de saúde — eles foram priorizados por causa do novo coronavírus, também chamado de covid -19. Com o passar dos dias, outros grupos do público-alvo terão direito às doses.

Os indivíduos com mais de 60 anos foram para o primeiro lugar da fila, porque estudos mostram que estariam mais suscetíveis às complicações do novo coronavírus. Atenção: isso não significa que a vacina evita o ataque do Sars-Cov-2, até porque estamos falando de agentes infecciosos bem distintos, como você pode ler aqui.

Na verdade, ao proteger os idosos do vírus influenza (causador da gripe), essa injeção impede uma sobrecarga do sistema respiratório que agravaria um eventual ataque do novo coronavírus.

A vacinação também ajuda a diferenciar entre gripe e a Covid-19, a doença desencadeada pelo Sars-Cov-2. Ora, se o sujeito recebeu a dose, porém apresenta sintomas como tosse e falta de ar, provavelmente não é o vírus influenza que os está causando. Aí, dependendo de outros critérios, o médico pode solicitar um exame para verificar a presença do novo coronavírus.

Os trabalhadores de saúde também serão imunizados desde o dia 23 de março pelo maior risco de entrarem em contato com ambos os vírus (e por poderem transmiti-los a pessoas que já estão fragilizadas em ambientes hospitalares).

Fonte: Assessoria

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui